Então você tem uma empresa de comércio eletrônico que gostaria de vender. É provável que você tenha trabalhado arduamente para estabelecer relacionamentos com fornecedores, criar um site ótimo e fácil de usar, otimizar o site para SEO e agora você está pronto para lucrar com seu trabalho. Vender um negócio de comércio eletrônico não é diferente de vender qualquer outro negócio, exceto que existem alguns pontos-chave para se ter em mente. Rankings orgânicos nos motores de busca são muito importantes. Qualquer pessoa pode vender no eBay ou na Amazon e qualquer um pode pagar por cliques. Todas essas são boas maneiras de aumentar o volume de vendas, mas os custos são altos. Para maximizar o valor do seu negócio de comércio eletrônico, você precisa classificar bem as palavras-chave do setor. Investir em um bom programa de SEO cerca de um ano antes de trazer a empresa para o mercado certamente dará retorno.

Você deve tentar tornar o negócio o mais portátil possível. Se a empresa puder ser realocada, você expandirá seu potencial pool de compradores. Não compre imóveis para o negócio ou invista pesadamente na obtenção de clientes locais. Não invista em software de automação. Temos visto muitas empresas que investiram muito em sistemas ERP e não têm receita ou lucro para suportá-lo. Certifique-se de se concentrar no crescimento da receita e do lucro primeiro e, em seguida, implemente os sistemas para apoiá-lo. Gere um negócio enxuto pelo menos um ano antes de levar o negócio ao mercado. Dê uma olhada nas suas finanças e identifique as áreas que podem ser cortadas.

Cada dólar que você economiza significa de 3 a 5 dólares a mais quando você vende sua empresa. As chances são de que os custos de envio são uma parte alta ou suas despesas. Renegocie contratos com seu fornecedor de remessa para economizar dinheiro. Mude de usar caixas para enviar mala direta para reduzir os custos de fornecimento. Reduza os custos de mão de obra onde você puder. Certifique-se de que seus livros são registros estão em boas condições. Uma ótima maneira de não vender um negócio de comércio eletrônico é ter demonstrações financeiras desleixadas. Faça um esforço extra de seis a doze meses antes de ir ao mercado para garantir que seus registros sejam impecáveis.

Contrate um bom intermediário. Algumas empresas realmente não precisam de um corretor, mas uma empresa de comércio eletrônico não é uma delas. Um corretor qualificado na venda de empresas de comércio eletrônico possuirá um grande banco de dados de compradores qualificados. A maioria das empresas de comércio eletrônico venderá, mas a venda pelo preço mais alto exige exposição máxima e orientação especializada.